Notreve Incessábili

Escrito por Tom

Ficha de Personagem – (GURPS – 4a Edição) (Clérigo)

Este nome bizarro tem sua origem histórica e etimológica praticamente perdida, é um dos poucos vestígios arqueológicos e linguísticos de uma civilização que existiu há eras passadas cujo legado é um sem fim de lendas e suposições sobre sua filosofia, tecnologia e aspiração.

A principal explicação para a desconcertante estranheza dos poucos artefatos encontrados (eles não se parecem com nada conhecido nesse mundo) é também a lenda mais conhecida. Muitos acreditam que eram anjos, dizem que estes anjos se apaixonaram pela humanidade e compadecidos do sofrimento e da miséria humana migraram para a Terra afim de participar de nossa história e nos ajudar a carregar esse pesado fardo que é nossa condição. A lenda não explica por que desapareceram, há quem acredite que Deus os castigou com a morte por terem descido do céu sem a sua permissão, outros dizem que seu sacrifício salvou a humanidade da aniquilação, dando-lhe uma segunda chance.

Sobre sua linguagem sabe-se apenas o significado dessas duas palavras Notreve Incessábili. Notreve quer dizer “Protegido pela razão” e Incessábili significa “Perseverante”. Ironicamente este nome nada revela sobre a personalidade e a intimidade de seu dono. Sobre seu passado sabe-se menos ainda, nem mesmo o próprio Notreve conhece sua história.

Sua memória alcança poucos anos atrás, sua primeira lembrança é do momento em que acordou rodeado por monges. Segundo eles, Notreve foi encontrado desacordado próximo a entrada da Gruta da Ronquidão. Ela recebeu esse nome por causa do som que emite de tempos em tempos, todos que lá entraram jamais retornaram. Os monges desconfiam que a porta do inferno está nas profundezas dessa gruta. Por isso o monastério foi construído em suas proximidades, afim de guarnecer o mundo da invasão do mal.

Tendo sido resgatado pelos monges e sem saber de onde veio e sem ter para onde ir, Notreve aceitou a hospitalidade e acabou por se tornar um clérigo. Porém, apesar de toda sua disciplina no estudo das escrituras e da história, e até mesmo apesar de sua indiscutivel vocação, seu coração jamais teve um único dia de paz. Atormentado pelo vazio de seu passado, ele se despediu de seus companheiros e partiu em busca de respostas…
Anúncios

Qual é a sua opinião a respeito?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s