Versus: Os Jogos de Janeiro

Saíram os primeiros jogos do duelo de game design Versus, entre o Encho Chagas e o Rafael Rocha. Os dois jogos podem ser obtidos gratuitamente, mesmo por quem não contribuiu através do Patreon.

Rafael Rocha escreveu o Miríade um jogo narrativo sobre identidade, descoberta e ação. Os protagonistas são os Protótipos, pessoas que no meio de seu cotidiano descobrem ser uma espécie de refugo de um experimento de clonagem humana, com vários clones espalhados por aí. Como se isso não fosse o bastante, eles também se vêm caçados por uma enigmática agência governamental, a Clínica. Em Miríade todos os participantes são jogadores e colaboram para construírem uma história de perseguição, investigação e drama, mas dentro deste arranjo de construção coletiva existe uma disputa central: um dos jogadores assume o papel da Clínica, instituição antagonista que busca capturar os Protótipos, personagens do restante dos jogadores, que por sua vez devem descobrir sua origem comum, e escaparem ou desmascararem as intenções da Clínica. Faça o download aqui: http://www.patreon.com/file?s=61580&h=203474&i=1537

Encho Chagas escreveu A Brecha, onde os jogadores assumem o papel de Unidades Automatizadas de Exploração e Pesquisa Espacial. Também chamados de Unidades Independentes, elas são sistemas automatizados construídos por corporações privadas e enviadas a vários planetas, seguindo um protocolo e procedimentos específicos para aquela missão. Distantes dos conflitos e preocupações dos seres humanos, cada UI é equipada não somente com equipamentos e obrigações específicas mas principalmente com uma inteligência artificial bastante elaborada, capaz de analisar, tomar decisões a fim de improvisar em qualquer situação possível sem depender da interferência humana. Acontece que essa interferência se dá ainda em solo terrestre. O proletariado se aproveita do que eles chamam de A Brecha, uma lacuna no sistema, para inserir missões extras cumprindo seus próprios propósitos. Não, isso não é interessante para os financiadores da conquista espacial, mas identificar os propósitos e quem são os revoltosos pode acelerar o processo de encontrar e eliminar esses problemas. Não se sabe se a tal lacuna na programação é proposital, mas certamente ela também é aproveitada para mais propósitos.Faça o download aqui: http://www.patreon.com/file?s=61580&h=203455&i=1535

Anúncios

Qual é a sua opinião a respeito?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s